Tapeçaria Sorocaba. Serviços de tapeçaria em Sorocaba

LIGUE JÁ: 15 3325-4681

Tapeçaria Sorocaba. Serviços de tapeçaria em Sorocaba

TAPEÇARIA ESPORTE juntamente com a D'ARTE ESTOFADOS promete revolucionar o mercado de estofados. Atendendo uma nova tendência de modernidade e sofisticação. Confira nossas promoções de sofá estofado, fabricação e reforma de sofá estofados na Cidade de Sorocaba.


Tapeçaria Esporte

No Ano de 1999 o Sr. Valdir Alves dos Santos, fundou uma pequena reformadora de estofados nos fundos de casa. Alguns anos mais tarde, já instalados em barracão mais apropriado foi fundada a Tapeçaria Esporte. Nesta época a empresa se dedicava a vários..

Saiba mais
Dicas sobre Decoração Saiba mais

Coluna inteligente
Espaço pequeno não dá lugar para decoração bem pensada? Não neste apartamento de 43 m². As intervenções do arquiteto Rodrigo Angulo multiplicaram os ambientes reduzidos do imóvel da colega de profissão Fernanda Milani. Para separar a área íntima da social, a solução foi criar uma coluna central entre sala e quarto com portas de correr embutidas. Lugar perfeito para incluir a TV e criar um home theater.


 

Cores quentes  (Foto: Lufe Gomes)

 


Cores quentes
Amarelo e vermelho estão em harmonia nos 70 m² deste apê. Mas não bastava combinação tão viva de tons sem soluções espertas para o pequeno espaço. Por isso, a arquiteta Andrea Lucchesi, ao lado da sóciaCarolina Razuk, incluíram na sala de estar um rack estreito e com porta basculante e painéis verticais de MDF revestidos com linho escuro. A cor permite que a TV se integre no ambiente criado especialmente para ela.
 

 


 

Privacidade para a TV  (Foto: Maíra Acayaba)

 

 

Privacidade para a TV
Este ambiente foi pensado para apenas uma coisa: curtir um filme e relaxar sem distrações. Para isso, os arquitetos do escritório Casa 14 reservaram o espaço e o separaram do living com uma parede. Todas as prateleiras da estante são de concreto armado lixado. Ali são organizados objetos decorativos, equipamentos eletrônicos e até garrafas de vinho.

 

 


 

Home theater feminino  (Foto: Célia Weiss)

Home theater feminino
Quando um apê tem medidas reduzidas, tudo deve ser aproveitado. Neste caso, o imóvel de 49 m² ganhou uma sala de TV logo na entrada, ao lado do balcão da cozinha americana. A decoradora Lidia Damy Sita incluiu um sofá de dois lugares com chaise. A marcenaria sob medida desenhada por ela comporta os equipamentos. A parede roxa dá estilo ao ambiente enxuto.


 

A união faz a força  (Foto: Marcelo Magnani)

A união faz a força
Integração é a palavra de ordem neste apartamento de 62 m². Mas a madeira também tem papel importante por aqui. O painel feito com o material esconde uma parede problemática e camufla os fios da TV e as portas do quarto e do banheiro. Os nichos acima, que economizam espaço de um armário, guardam uma relíquia: um televisor vintage. Projeto do arquiteto e morador Alan Chu.

Mil e uma utilidades (Foto: Luis Gomes)
 
 
 
 

Há luxos e luxos nessa vida. Um deles, certamente, é ter 60 m² só de sala, no bairro de Pinheiros, zona oeste de São Paulo. Pertencente à santista Carla Ribeiro, uma das mandachuvas da loja de design Micasa, este apartamento, que no total soma 120 m², está sempre em movimento. “Recebo amigos, faço muita festa. Na mais recente, juntei 40 pessoas”, diz a moradora. É por isso que não se veem mesa de centro nem miudezas que, na opinião da moradora, atrapalhariam a passagem. “Também abri mão da mesa de jantar e, no espaço onde ela ficaria, coloquei um tatame para meditação”, explica. Posicionado próximo da escada caracol que leva ao andar superior do dúplex, ele acomoda convidados, assim como as poltronas e o sofá. Mais espaço livre é necessário para a malhação. O carrinho metálico, que fica próximo da geladeira, funciona como bar na parte de cima e, na parte inferior, apoio para caneleiras de ginástica.

 

Composta com a ajuda do arquiteto e designer Guto Requena, a parede principal exibe obras de arte, quadros e relíquias.

Não há um alinhamento matemático entre as peças, mas grupos de itens principais e secundários – repare, os objetos menores estão juntos, formando uma composição de elementos de culturas pop e urbana. Embora a sala encha os olhos e instigue a curiosidade, na opinião da moradora, ela ainda é um trabalho em construção. “Acho que nunca estará do jeito que eu gosto”, afirma Carla, que trabalha com decoração há 13 anos e, de certa forma, já está acostumada com o sentimento de que sempre falta algo.

Mil e uma utilidades (Foto: Luis Gomes)

Com a correria do dia a dia, muitas vezes almoçar e jantar em casa se torna raridade. E quando faltam metros, a mesa de jantar é o primeiro móvel a ser abolido. Mas isso não significa abrir mão de ter um canto apropriado e charmoso para uma refeição ou outra – nem que seja apenas o café da manhã. Dá para encaixar uma mesinha nacozinha ou ainda aproveitar melhor a bancada. Veja seis sugestões:

 (Foto: Lufe Gomes/Casa e Jardim)

Bancada para um homem solteiro
O morador Gustavo Morcelli, a princípio, não gostou do imóvel de 80 m². “Mas o Renato Mendonça, amigo e arquiteto, me disse que eu deveria comprar. Era só derrubar algumas paredes.” E foi o que ele fez. A parede que separava a enxuta cozinha foi derrubada e no lugar surgiu um balcão. Uma coluna estrutural foi aproveitada para dividir as áreas de refeição e do cooktop. Sem mesa de jantar, a sala ficou bem ampla, como ele sonhava. E a cozinha segue o mesmo estilo de decoração, urbana e com muito preto.

 (Foto: Edu Castello/Casa e Jardim)

Só para o café da manhã
Construída para os hóspedes, esta casa não precisava de sala de jantar, já que as refeições são feitas com os anfitriões. Mas é lá que é servido o café da manhã. Para começar bem o dia, a designer de interiores Neza Cesar apostou em uma pequena mesa quadrada, com cadeiras de ferro garimpadas, dentro da pequena cozinha. O espaço é cheio de detalhes amorosos, como a galinha de ferro com cesto, para a caseira deixar o pão de milho, e a toalha, feita com tecidos que sobraram da decoração.
 

 (Foto: Edu Castello/Casa e Jardim)

Apenas a copa
A sala de jantar não era prioridade neste apartamento de 67 m². Mas o morador, Paulo Prado, desejava um canto para as refeições. Os arquitetos do dt.estudio criaram, então, uma copa. Junto à coluna de concreto, a mesa de Fernando Jaeger ocupa pouco espaço e é usada também como apoio da cozinha. Pode parecer pequeno, mas é suficiente para um homem solteiro.

 (Foto: Victor Affaro/Casa e Jardim)

Contra os padrões
As cadeiras do designer brasileiro Aristeu Pires estão dispostas no balcão rente à ilha da cozinha, aberta ao living. Mas e a sala de jantar? “Não vi necessidade deste ambiente, composto da maneira tradicional, porque atrapalharia a circulação”, explica o morador Luiz Fernando Martin. Agora, por conta desta opção, eis a pergunta: quem, afinal, precisa de uma casa estandardizada? Projeto do arquiteto Nelson Kabarite.

 (Foto: Maíra Acayaba/Casa e Jardim)

Mesa no corredor
O arquiteto e morador deste apartamento, Maurício Karam, decidiu abrir a cozinha em direção à sala, mas não completamente. Onde havia um corredor, ele eliminou um trecho da parede e lá encaixou a despojada mesa de quatro lugares. Com tampo de vidro sobra a base de cavaletes, o móvel tem a vantagem da altura regulável. Assim, pode trocar de função: mesa de refeições ou de trabalho.

 (Foto: Salvador Cordaro/Casa e Jardim)

Metros a menos
Vinda de um apartamento de 75 m², a moradora Sandra Maciel tem agora apenas 43 m². Substituir a sala de jantar por uma bancada foi solução necessária. Com gavetas multiuso, o móvel é usado para tomar o café da manhã e também como apoio na hora de cozinhar. O vermelho traz feminilidade ao espaço. Projeto do designer de interiores Rogério Castro.

Aos 29 anos, o paulistano Diogo Oliveira não se arrepende de ter largado o curso de economia para se dedicar ao Design de Interiores, em paralelo a sua empresa de importação. Motivo: as boas soluções que aplicou em seu apartamento de 220 m², na Chácara Klabin, em São Paulo. Na decoração, ele valeu-se do garimpo de peças. Delas, se orgulha mais das poltronas esfera, dos anos 1960, arrematadas em uma Família Vende Tudo e renovadas com tecido de estampa pied-de-poule. Também saíram de outras moradias as cadeiras, dos anos 1930, compradas em antiquário e usadas na mesa de jantar. “Saber que esses móveis têm história dá outro sabor à decoração”, afirma. Antes de colocar a mobília, Diogo fez várias adaptações nos espaços pensando nas festas que iria dar. Abriu um dos quartos para ampliar o living, que ficou com 90 m². Em nome da versatilidade, paredes deram lugar a painéis de correr que, de acordo com a necessidade, isolam ou integram os ambientes. o piso escuro e o tapete preto ajudam a disfarçar as marcas de sapatos. “Não queria ficar preocupado com sujeira enquanto recebo amigos”, diz o designer de interiores. Outra característica da sala idealizada por ele é o uso de cores marcantes, presentes não só nos móveis como em objetos, obras de arte e exemplares de toy art.

  (Foto: Marcelo Magnani)

Assento extra
O sofá desenhado pelo escritório Arquitetura Paralela tem uma solução esperta: no lugar de um dos braços, há um espaço a mais para se sentar. Revestido de tecido rosa, ele deu o clima feminino ao apartamento de 40 m² onde mora apenas uma mulher.


 

Peça única  (Foto: Victor Affaro)

Peça única
Em salas pequenas ou médias, considere ter apenas um sofá, em vez do tradicional conjunto. Com duas peças, a circulação tende a ficar atravancada e o visual fica poluído. Para compensar os assentos perdidos, invista em poltronas e banquetas, que são mais fáceis de trocar de lugar. O arquiteto Maurício Arruda escolheu para este ambiente o modelo clássico Chesterfield e a poltrona Martin Eisler, revestida com tecido florido.


 

Truque secreto  (Foto: Victor Affaro)

Truque secreto
Na hora de escolher o sofá, outro ponto a levar em consideração é a profundidade. Às vezes o móvel desejado pode até caber no comprimento, mas vai acabará ocupando muito espaço da sala. Modelos mais estreitos também podem ser confortáveis, como na decoração de Andrea Murao.



Orçamento de sofá estofado, banco de carros, poltrona, puff, cortina persiana etc. Preencha o formulário e faça seu orçamento sem sair de casa.